Volume 7  |  número 2

html

Relato de terapeutas sobre o impacto da autorrevelação

Fernanda Ban Greboggy, Jocelaine Martins da Silveira

 

doi: 10.18761/pac.2016.018

Resumo

O presente projeto se propôs a investigar o uso da autorrevelação por terapeutas es- tudantes de psicologia, em treino em uma universidade pública paranaense, e como esse uso é experienciado. O método utilizado consistiu em aplicar questionários a (N =11) terapeutas em treino solicitando-os a relatar o uso da autorrevelação e o impacto dela na interação terapêutica. Criou-se, para isto, um questionário que foi entregue a cada participante uma vez por semana, durante seis semanas. Os dados coletados foram analisados pela categorização e veri cação de possíveis relações entre o uso de autorrevelações e categorias relacionadas ao nível de conforto do terapeuta participante. Os resultados indicam que em 47,6% dos protocolos preenchidos, o terapeuta relatou o uso de uma autorrevelação, e que este uso se deu visando a melhora do cliente e fortalecimento da relação terapêutica. Também foi observada uma porcentagem de 81,25% de relatos de satisfação em relação às autorrevelações. Foi observado ainda o relato de fortalecimento na relação terapêutica relacionado ao uso de autorrevelações. Discutiu-se que o uso de autorrevelações pelos terapeutas participantes deste estudo tem suporte da literatura, assim como a relação entre o modo como o terapeuta o experiencia e sua percepção sobre o impacto no cliente.

Palavras-chave: autorrevelação, psicoterapia analítico-funcional, terapia analítico-comportamental.

 

Abstract

The present study proposed to investigate about the use of self-disclosure by psychology graduates therapists, being trained at a state university in Paraná, and how they experience this use. e method used was composed by administer a questionnaire to (N=11) training therapists, requesting them to relate if they had a self-disclosure and the e ect in therapist-client interaction. To do it, a questionnaire has been created and handed to each participant once a week, for six weeks. e collected data has been categorized and the possible relations between the self-disclosure’s use and categories related to the therapists participants comfort level has been tested. So, at 47,6% of the lled protocols, the therapist related a self- disclosure and that was used aiming patient and relationship’s bene ts. Also, a 81,25% per- centage of satisfaction reports was notice about the self-disclosure. Furthermore, the report of strengthen in therapist-client relationship related with the self-disclosures were also noticed. It has been discussed that the use of self-disclosure by the study participants therapists has a base in literature, as well as the relation between the way the therapist experiences and his perception of the e ect on client.

Keywords: self-disclosure, functional analytic psychotherapy, behavior analytic therapy.

Resumen

Este proyecto tiene como objetivo investigar el uso de auto-revelación por terapeutas estudiantes de psicología en graduación, en una universidad pública en Paraná, y como vivenciam este uso. El método utilizado fue aplicar cuestionarios (n = 11) a terapeutas en formación, que pedía el reporte del uso de auto-revelación y su impacto en la interacción terapéutica. Fue creado para esto un cuestionario que fue dado a cada participante una vez a la semana durante seis semanas. Los datos recogidos se analizaron por clasi cación y vericación de posibles relaciones entre el uso de autorrevelações y categorías relacionadas con el nivel de comodidad del terapeuta participante. Los resultados indican que en 47,6% de protocolos terminados, el terapeuta informó hacer un auto-revelación, y que se hizo uso pre- tendendo la mejora del cliente y forti cación de la relación terapéutica. También se observó un porcentaje de 81,25% de informes de satisfacción en relación a las auto-revelaciones. Se observó también el informe de fortalecimiento de la relación terapéutica relacionado con el uso de auto-revelaciones. Se ha argumentado que el uso de auto-revelaciones por los terapeutas participantes en este estudio tiene soporte en literatura, así como la relación entre la forma en que el terapeuta lo experiencia y su percepción del impacto en el cliente.

Palabras-clave: auto-revelación, psicoterapia analítico funcional, terapia analítica-conductual.